Cidade

Ivaiporã constrói UBS da Vila Monte Castelo e irá inaugurar UBS do Jardim Universitário dia 19

A Prefeitura de Ivaiporã executa a obra de construção da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Monte Castelo, que foi projetada com 311,05 m². São investidos R$587.240,63 com recursos do Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Estado da Saúde, e contrapartida da Prefeitura de Ivaiporã na doação do terreno. 

As instalações incluem, por exemplo, acesso a cadeirantes, sala de recepção e espera, 3 consultórios médicos, 1 consultório odontológico, depósitos de resíduos comuns, contaminados e recicláveis, área de registro de pacientes, salas administração, aplicação de medicamentos, imunização, inalação coletiva, curativos, suturas e coleta de material, estocagem, dispensação de medicamentos, desinfecção química – entre outros ambientes. 

O prefeito de Ivaiporã, Miguel Amaral, disse que a UBS da Vila Monte Castelo é uma das maiores do município e irá atender também moradores dos Jardins Paraná e Alvorada, Vila São José e Conjunto Mourão Filho. “Acredito que o acesso aos atendimentos básicos será facilitado pela proximidade com a população, que merece contar com serviços de saúde com qualidade”, comentou Miguel Amaral, que agradeceu ao governador Carlos Massa Ratinho Júnior e ao secretário de Estado da Saúde, Beto Preto, pelos investimentos no município. 

O diretor do Departamento Municipal de Saúde, Claudeney Martins, defendeu que o município de Ivaiporã conta com diversos atendimentos na área da saúde – públicos e privados, e a UBS da Vila Monte Castelo irá fortalecer o atendimento básico, assim como a UBS do Jardim Universitário, que será inaugurada, na sexta-feira, dia 19 de junho. 

“A administração municipal fez diversos investimentos na saúde, tais como na aquisição de veículos, reforma das UBS das Vilas João XXIII e Nova Porã, construção da UBS da Vila Monte Castelo e deu continuidade à construção da UBS do Jardim Universitário. Além disso, será licitada a obra de construção da UBS do distrito do Jacutinga”, exemplificou Claudeney Martins.