Eleitos de Ariranha do Ivaí são diplomados

ariranha_ivai_diplomacao_1_1155O prefeito eleito de Ariranha do Ivái, Augusto Cicatto, vice-prefeito eleito Carlos Bandiera de Matos e os vereadores eleitos em 2 de outubro foram diplomados pela Justiça Eleitoral da Comarca de Ivaiporã, em solenidade realizada na Câmara de Vereadores de Ariranha do Ivaí, na quinta-feira, dia 8 de dezembro.

Pela primeira vez, a diplomação foi realizada no município e aconteceu por iniciativa do juiz da 152ª Zona Eleitoral, José Chapoval Cacciacarro, e pelo chefe do Cartório Eleitoral, Eduardo Jorge Serra Gonçalves.
Também participaram da solenidade, o promotor eleitoral, Guilherme Gomes Pedrosa Schimin, vice-prefeito José Adão Lourenço e o padre Emerson de Jesus Rodrigues.

Inicialmente, receberam os diplomas os 9 vereadores diplomados e os suplentes de cada uma das três coligações que disputaram o pleito eleitoral. Na sequência, Carlos Bandiera de Mattos foi diplomado como vice-prefeito e Augusto Cicatto recebeu o diploma do juiz eleitoral, José Cacciacarro.

O prefeito eleito classificou como histórica a diplomação, justamente por ser a primeira realizada no próprio município. As anteriores ocorreram na Comarca de Ivaiporã. “Quando soube que a diplomação aconteceria em Ariranha do Ivaí fiquei muito feliz”, comentou.

ariranha_ivai_diplomacao_g_1155Para Cicatto, a diplomação concretiza a expectativa da população que entendeu a proposta apresentada na campanha eleitoral. “Sempre participei de forma ativa da política do nosso município. Fui vice-prefeito por duas vezes, mas sempre tive a mesma linha de pensamento. O que pregamos na campanha a população acreditou. Agora, vamos trabalhar”, disse o prefeito eleito.

O promotor de Justiça, Guilherme Schimin, parabenizou os eleitos e avaliou que a eleição transcorreu dentro da normalidade e com as coligações respeitando a legislação eleitoral. Ele alertou os representantes do poder Executivo e Legislativo que serão empossados no dia 1º de janeiro, para que estejam atentos às dificuldades do próximo mandato – especialmente com relação à falta de recursos financeiros e à crise econômica pela qual passa o país.

Por sua vez, o juiz eleitoral José Cacciacarro defendeu o diálogo entre os poderes Judiciário, Executivo e Legislativo, e deixou as portas do gabinete abertas para que haja o entendimento entre as instituições. “Todos que assumem a partir de janeiro precisam ter a consciência sobre a obrigatoriedade da importância do cumprimento das leis e da Constituição Federal”.

A diplomação em Ariranha do Ivaí foi a primeira realizada pelo juiz eleitoral na carreira de magistrado.

Via Paraná Centro

Veja também: