Obras: Ivaiporã finaliza duplicação de avenida

15036583_1310452315643515_1859082788288267132_n

Teve início esta semana a execução da terceira e última etapa da duplicação da Avenida Marechal Cordeiro de Farias, em Ivaiporã, que compreende um trecho de 460 metros na entrada da área central da cidade e deverá ser concluída dentro de 30 dias. Para que os trabalhos sejam realizados nesse trecho, o trânsito para quem chega à cidade foi transferido para a Rua Sete de Setembro, para quem sai da cidade, a opção é pela Avenida Aparício Cardoso Bitencourt ou pela rodovia municipal Celso Fumio Makita.

Segundo o prefeito Luiz Carlos Gil, a duplicação, que foi projetada em três etapas, está orçada em R$ 2,7 milhões em 2,5 km de extensão no trecho compreendido entre o Fórum da Comarca até o início da Avenida Paraná. “Estamos trabalhando para que as três etapas sejam concluídas até o final do ano”, diz Carlos Gil. Os recursos são do Governo Federal.

Além da duplicação da via estão sendo construídas calçadas para pedestres, faixas elevadas, a rotatória no cruzamento da Avenida Osvaldo Cruz e retorno. Nas obras da terceira etapa que foram iniciadas esta semana, estão previstas barreiras para separar os fluxos de tráfego. Ruas transversais que dão acessos aos bairros também estão tendo trechos pavimentados. Para o prefeito Carlos Gil esta é uma obra fundamental para a mobilidade e a infraestrutura urbana de Ivaiporã.

“A ideia é ter o máximo de segurança tanto para pedestres, ciclistas e motoristas. É uma intervenção planejada, que traz mais segurança e tranquilidade no tráfego”, destaca Carlos Gil. Carlos Gil relata ainda que nos próximos dias também estará sendo ampliada a iluminação com colocação de luminárias dos dois lados da pista. Um novo portal no início da Avenida Marechal Cordeiro de Farias no valor R$ 300 mil, encontra-se em fase de licitação. Luiz Claudio Oliveira, morador do Jardim Belo Horizonte, afirma que as obras também agradaram principalmente por conta da questão da segurança. “Esta avenida é uma das mais perigosas da cidade. Com a duplicação e as intervenções que estão sendo feitas acredito que vai diminuir bastante os acidentes”, completa Oliveira.

Via Tribuna do Norte/Ivan Maldonado

e Jornalista Jaqueline Neves

Veja também: