Alunos da região realizam provas do Enem Ivaiporã

enem_ivaiporajpg

Estudantes que moram no Paraná realizaram as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no sábado e domingo, dias 5 e 6 de novembro. Em Ivaiporã, as provas foram aplicadas nos Colégios Estaduais Barão do Cerro Azul, Idália Rocha, Bento Mossurunga e Barbosa Ferraz, bem como no Colégio Panamericano. O Enem avaliará os candidatos que buscam vagas no ensino superior público, bem como bolsas do ProUni e também financiamento estudantil pelo Fies.

No sábado, foram aplicadas as provas de Ciências Humanas e Ciências da Natureza. Cada uma teve 45 questões. No domingo, os candidatos realizaram as provas de Linguagens e Códigos, e Matemática, ambas com 45 questões, e escreveram uma redação sobre o tema: “Caminhos para Combater a Intolerância Religiosa no Brasil”.

Segundo informações da assessora de comunicação do Enem, foram inscritos no Paraná 419.239 mil alunos. Desse total, 2.287 em Ivaiporã e 1.986.

Alunos esperam obter bom desempenho

Em Ivaiporã, a movimentação foi tranquila. Como o acesso às salas poderia ser feito entre as 12h00 e 13h00, os alunos da região chegaram aos poucos, sem causar aglomeração, porque as provas começaram às 13h30.

A estudante Thainá Hurko, que reside em Cândido de Abreu, disse que se preparou para o Enem e pretende cursar Odontologia. “Acho que me identificaria bem com a profissão, porque é uma área que gosto”.

De Grandes Rios veio a estudante Suelen Marques de Melo, que pretende obter bom desempenho e cursar Enfermagem. “Estudei para as provas do Enem. Mas o nervoso sempre atrapalha um pouco. Quanto à área que pretendo seguir acho que fui influenciada, porque tenho parentes enfermeiros”, disse.

Tiago Cardoso da Silva também veio de Grandes Rios. “Para ter um bom desempenho no Enem assisti algumas aulas na internet. É que a ocupação das escolas atrapalhou um pouco”, opinou o estudante, que apostou em política como tema da Redação.Lucas Stresser, que veio de Manoel Ribas, espera cursar Engenharia Mecânica, por isso, procurou estudar para encarar as provas do Enem, que ele respondeu no Colégio Panamericano, onde foi grande a movimentação dos alunos.

Enem: duas etapas

No Paraná, a prova foi dividida em duas etapas em decorrência das manifestações. Dessa forma, 43.618 candidatos devem realizar o Enem apenas nos dias 3 e 4 de dezembro – segundo balanço divulgado pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), na sexta-feira, dia 4.

O Estado é o que tem o segundo maior número de estudantes atingidos com o adiamento da prova. Dos 682 locais de prova no Paraná, 77 foram alvo de ocupações por estudantes que são contrários à Medida Provisória 746 que institui mudanças no ensino médio. Apenas em Minas Gerais, o número foi maior, uma vez que a mudança atingiu 90 locais de provas.

Os gabaritos das provas devem ser divulgados no dia 9 de novembro, enquanto o resultado individual de cada candidato ficará disponível posteriormente em data a ser comunicada pelo Inep.

Via Paraná Centro

Texto e Fotos: Jornalista Lúcia Lima

Veja também: