Eleições 2018: Osmar Dias declara pré-candidatura ao governo

osmar-dias-abrilELEIÇÕES/2018

O ex-senador Osmar Dias afirmou que é pré-candidato à eleição para governador do Paraná em 2018. Em entrevista há pouco ao Valor, Dias disse que a cobrança tem sido bastante intensa em função da atual crise política e de lideranças no país. “Estou fora de política há seis anos e não pensava necessariamente em voltar, mas a situação se impôs”, afirmou.

“Isso abre (a candidatura) está definido com bastante determinação”. Segundo ele, “as eleições municipais em Curitiba provaram que o eleitor está cansado de ameaças, tanta agressividade”e priorizou proposta de governo.”

Questionado sobre alianças, Dias disse ter cedo para falar no assunto. Mas acrescentou que gostaria de ter ao seu lado “todos aqueles que não foram citados na Lava Jato”.

Exc-senador e vice-presidente da área  de Agronegócios do Banco do Brasil até julho deste ano, Dias tentou minimizar  proximidade que teve com o PT no passado. Em 2010, ele tentou, sem sucesso, a eleição para governador do Paraná pelo PDT, em chapa com o PT. Em 2014, já no BB, licenciou-se do cargo ajudar a presidente Dilma Rousseff no meio rural.

Dilma era então bastante rejeitada por essa parcela da sociedade, pela qual Dias transita bem. Questionado sobre o possível dano dessa relação passada ao pleito de 2018 – o Paraná é um estado historicamente conservador – Dias afirmou que não pode pagar pelos erros dos outros. “Eu também acreditava naquele projeto de governo, também fui enganado. Não posso ser responsabilizado pela corrupção exagerada por parte de pessoas do PT”.

Ratinho também é candidato

Não é só o ex-senador Osmar Dias que já se coloca na disputa pelo governo do Estado nas eleições de 2.018. O deputado Ratinho Júnior, do PSD, também.

A candidatura de Ratinho Júnior foi lançada ontem pelo presidente estadual do PSD, Eduardo Sciarra, em entrevista à imprensa logo após o resultado das eleições em Curitiba.

Mesmo com a derrota de Ney Leprevost, Sciarra avalia que o partido saiu “fortalecido” destas eleições.

Via  Bettina Barros | Valor Econômico

Veja também: